Menu

Notícias

Cacau protege sistema cardiológico e repara artérias danificadas.

alex em Notícias

Cacau rico em flavonóides repara vasos sanguíneos em portadores de doença arterial coronariana, diz estudo recente Priscila Di Ciero*

cacau-rico-flavonoidesA doença coronariana é uma das maiores causas de morbidade, mortalidade e incapacidade em muitas partes do mundo, especialmente no ocidente. É a quinta causa de morte nos Estados Unidos. Dados da Organização Mundial de Saúde revelam que o Brasil aparece em 9º lugar na lista dos países cuja população morre mais, em números absolutos, de doenças cardíacas.
Entre 30% a 40% destas mortes poderiam ser evitadas apenas com mudanças de hábitos. As doenças do coração são causadas por fatores físicos, emocionais e principalmente pelo estilo de vida do paciente, por isso são chamadas de multifatoriais. Estresse, hipertensão, diabetes e alimentação inadequada são apenas algumas das causas de doenças cardiovasculares como infarto, aneurismas e derrame cerebral.

Os resultados da pesquisa citada acima, que foram publicados no Journal of American College of Cardiology, constatou que o consumo diário de flavonóides do cacau mais do que duplicou o número de células angiogênicas circulantes no sangue. Os cientistas acreditam ser essas células responsáveis em ajudar a reparar as paredes internas dos vasos sanguíneos, melhorando o fluxo de sangue e, potencialmente, reduzindo a pressão arterial.
Ressaltando que em um estudo publicado no New England Journal of Medicine (2005), pesquisadores afirmam que níveis aumentados dessas células também têm sido associados com uma diminuição do risco de morte por doenças cardiovasculares.

O efeito do consumo da bebida com cacau no estudo teve efeito similar ao encontrado em tratamentos médicos envolvendo estatinas e estrogênio – e semelhante aos efeitos das mudanças de estilo de vida, tais como o aumento de exercícios e parar de fumar, recomendados para pacientes com doença arterial coronária.
No estudo, os pesquisadores testaram uma dieta contendo ingestão diária e de 2 vezes ao dia, de bebida com flavonóides do cacau, em 16 pacientes com idades entre 61-67 anos, com doença arterial coronariana prévia, controlados com medicamento de acordo com as diretrizes atuais.
As medidas da função endotelial, da produção de células angiogênicas circulantes, da freqüência cardíaca e da pressão arterial foram feitas antes, durante e depois do estudo.

Os resultados mostraram melhora de 47% da funçãos dos vasos, reforçando o conceito que flavanóides dietéticos, como aqueles presentes no cacau, além de melhorar as funções cardiovasculares, podem facilitar os mecanismos de reparo endógeno, que agem sinergicamente com a terapia médica atual.
Os autores disseram que os resultados de seu estudo também demonstrou que o consumo de cacau com alto teor de flavonóides reduz significativamente a pressão arterial sistólica, um importante fator de risco para doença cardíaca e derrame.
Além disso, a produção das células angiogênicas aumentou duas vezes mais após o consumo de bebidas.

Priscila Di Ciero é Nutricionista Esportiva Funcional.
www.prisciladiciero.com.br

Source: Journal of the American College of Cardiology
Published online ahead of print: doi:10.1016/j.jacc.2010.03.039
Title: Improvement of endothelial function with dietary flavanols is associated with mobilization of circulating angiogenic cells in patients with coronary artery disease
Authors: Heiss C et al